Terça-feira, 16 de Julho de 2019
Rubens Vanderlei de Castro - Presidente
Rubens Vanderlei de Castro - Presidente
Claudinei Ferreira - Vice-Presidente
Claudinei Ferreira - Vice-Presidente
Moises Lnortovz dos Santos - 1º Secretário
Moises Lnortovz dos Santos - 1º Secretário
Alfredo Flores - 2º Secretário
Alfredo Flores - 2º Secretário
Geber Abdo Addi
Geber Abdo Addi
Jose Roberto De Matos
Jose Roberto De Matos
Lucas Gabriel da Silva Braga
Lucas Gabriel da Silva Braga
Roberto Lopes André
Roberto Lopes André
Sonia Aparecida de Campos de Souza
Sonia Aparecida de Campos de Souza

Última Atualização do site:  

10/07/2019 14:38:22

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Saúde
 
Paraná reúne estados e Ministério da Saúde para prevenir febre amarela
 
21/02/2019
Fonte: AEN-PR

Começou na manhã desta quinta-feira (21), em Curitiba, uma reunião ampliada com o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de São Paulo, Ministério da Saúde e Organização Panamericana de Saúde (OPAS), para prevenir o avanço da febre amarela seguindo os corredores de mata que ligam os Estados. Também presentes o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

A iniciativa do encontro é do Paraná e a reunião acontece na sede da Secretaria da Saúde. “Convidamos todos esses parceiros para antecipar problemas e alinhar as estratégias de combate ao mosquito transmissor”, disse o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto. “Estamos vivendo uma terceira onda -terceiro verão - de proliferação da doença no Brasil e falar do problema é combatê-lo.”

VACINA - O secretário lembrou da importância da vacinação. Segundo ele, vacinar é antever o problema, já que esta é a única forma eficaz para evitar a febre amarela, uma doença grave que pode matar. “Cabe ao cidadão buscar o melhor para sua família”, afirmou Beto Preto, lembrando que a movimentação de férias e nos feriados de Carnaval é muito preocupante para quem não está vacinado.

Todos os especialistas presentes reforçaram a necessidade de vacinação. O diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Júlio Croda, garantiu que há vacina suficiente para todo o país e reforçou que o período é propício para o reforço na imunização, já que o ciclo de transmissão mais grave continua até maio. A reunião continua até o final da tarde.

 
 Galeria de Fotos
 
 Outras Notícias
» Saúde reduz em 10% gastos com gestão de hospitais
» Aumenta número de casos autóctones de dengue no Estado
» Paraná vai ofertar serviços de reprodução assistida pelo SUS
» 100% das crianças nascidas no Paraná fizeram o teste do pezinho
» Paraná vai ampliar para outros grupos vacinação contra gripe
» Paraná é primeiro lugar na campanha de vacinação contra a gripe no Brasil
VER TODAS
 

Horário de Atendimento: 08h00min as 11h00min - 13h00min a 17h00min

Rua Getúlio Vargas, 100 - Centro

Cep: 86860-000 - Jardim Alegre - Paraná - Brasil

 (43) 3475-2590

 cmja@cmjardimalegre.pr.gov.br